O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e exibir anúncios dirigidos. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies. Para saber mais leia a nossa Política sobre cookies. Aconselhamos igualmente a consulta da nossa Política de privacidade.

ÍNDIA: COVID-19

Conheça os constrangimentos, medidas de relançamento da economia e oportunidades de negócio na Índia decorrentes da COVID-19.

PRINCIPAIS CONSTRANGIMENTOS PARA AS EMPRESAS

Continua a haver dificuldades logísticas devido a vários fatores: constrangimentos verificados no transporte marítimo de mercadorias, devido à escassez de contentores e rotas em funcionamento, aumento do tempo de viagem, aumento dos custos de transporte, dificuldades nos processos aduaneiros, e ainda falta de RH, que afetam as cadeias de fornecimento.

Mantem-se a dificuldade nas viagens para a Índia embora sejam autorizadas se for para negócios e com processo administrativo bem conduzido. Obrigatoriedade de teste PCR antes dos voos e quarentena para quem viaja do exterior para a Índia.

Obrigatoriedade de realização de testes PCR a todos os viajantes provenientes de Maharashtra, Kerala, Chhattisgarh, Madhya Pradesh e Punjab.

 

APOIO ÀS EMPRESAS NO MERCADO

Os estímulos lançados pelos governos são essencialmente de apoio às empresas locais (incluindo o Investimento direto estrangeiro). Realçamos os seguintes apoios:

  • Apoio às PME: O pacote de estímulo foi baseado em “Aatma Nirbhar Bharat”, onde Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPME) receberam um enorme pacote financeiro em termos de dívida sem garantia, garantia para dívida subordinada por meio de fundos e esquema de bonificação de juros. Além disso, a definição de MPME foi alterada para remover entraves ao seu investimento e expansão.
  • “Empowerment” e Proteção dos Agricultores e promoção do investimento na criação de infraestruturas para armazenamento de produtos agrícolas, permissão do comércio livre de barreiras na agricultura e capacitação dos agricultores.

 

CONSELHOS ÚTEIS ÀS EMPRESAS

Todas as ameaças trazem consigo oportunidades. É uma boa fase para as campanhas de marketing digital na Índia. Há muitos profissionais que pretendem valorizar-se nesta altura pelo que campanhas de formação online podem ser muito úteis. (formação na área dos vinhos, azeite, queijos, etc.), não só pelo efeito direto na formação, mas também no relacionamento dos agentes económicos com as marcas que marcarem presença nesta altura

A oportunidade mais interessante para as empresas portuguesas, nesta altura, será no investimento português na Índia. O governo indiano está interessado e há espaço para conquistar quota de mercado. As empresas portuguesas com dimensão e recursos suficientes deverão estudar a oportunidade de instalar unidades de negócio, ainda que de dimensão média-reduzida, com projetos de crescimento e desenvolvimento futuro, para gradual e sustentadamente, aprofundarem o relacionamento com o mercado, desenvolverem estratégias e estabelecerem parcerias e canais de distribuição.

O mercado mundial está a trabalhar estas oportunidades e quanto mais tempo as empresas portuguesas demorarem a entrada na região mais competição terão de enfrentar para o fazer.

O governo indiano disponibiliza apoio às empresas estrangeiras que investem na Índia. A forma de apoio prestado dependerá sempre do setor em causa, localização e plano de negócios.

 

SITES RELEVANTES

https://www.mohfw.gov.in/

https://www.mohfw.gov.in/covid_vaccination/vaccination/index.html

https://www.bbc.com/news/world-asia-india-56037565

https://www.livemint.com/news/india/india-bracing-up-for-the-second-wave-of-covid-19-pandemic-11613999656468.html

https://www.timesnownews.com/india/article/new-covid-19-strains-in-india-two-new-variants-n440k-and-e484k-found-in-maharashtra-kerala-and-telangana/724077

Nota: Tendo em conta o rápido desenvolvimento da pandemia COVID-19 e dos seus impactos na economia dos diversos países, a informação constante nesta página poderá não corresponder à totalidade da informação do mercado disponível e poderá ficar temporariamente desatualizada.

Última atualização: 1 de março de 2021.

As empresas clientes da AICEP poderão contactar os respetivos Gestores de Cliente que lhes poderão fornecer informação adicional ou mais detalhada.