O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e exibir anúncios dirigidos. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies. Para saber mais leia a nossa Política sobre cookies. Aconselhamos igualmente a consulta da nossa Política de privacidade.

FRANÇA: COVID-19

Conheça os constrangimentos, medidas de relançamento da economia e oportunidades de negócio em França decorrentes da COVID-19.

PRINCIPAIS CONSTRANGIMENTOS PARA AS EMPRESAS

  • Partidas e chegadas de/para França com destino ou origem em países fora da UE estão interditas, exceto por motivos de força maior. As chegadas a França, incluindo países da UE, são condicionadas à apresentação de um teste PCR negativo;
  • Recolher obrigatório por período indeterminado entre as 18h e as 6h. Deslocações entre o horário do recolher obrigatório deverão ser feitas mediante apresentação de atestação e apenas em casos específicos;
  • Teletrabalho é obrigatório para as empresas cuja atividade o permite;
  • Todos os estabelecimentos comerciais estarão abertos com exceção de restaurantes, bares, cafés, ginásios, discotecas, parques de diversões, museus, casinos, cinemas, teatros, salas de espetáculo e estâncias de ski;
  • Estabelecimentos comerciais com mais de 20.000m2 encerrados por tempo indeterminado. Nos estabelecimentos comerciais abertos existe uma restrição de um cliente por cada 8m2. As lojas com mais de 400m2 deverão ter um sistema de contagem à entrada e terão de indicar sentidos únicos de circulação dentro do estabelecimento. O uso da máscara é obrigatório e não depende dos comerciantes. As aberturas aos domingos serão facilitadas para evitar aglomerações ao sábado;
  • Obrigatoriedade do uso de máscara e distância de segurança em todos os espaços públicos, incluindo na rua, e nos locais de trabalho a partir de 1 de setembro;
  • Setores mais afetados: aeronáutica, hotelaria, restauração e organização de eventos.

 

APOIO ÀS EMPRESAS NO MERCADO

  • Alargamento do prazo para o pagamento dos encargos sociais e fiscais por parte das empresas e cancelamento das obrigações do mesmo género para empresas com menos de 10 trabalhadores. Suspensão das rendas, contas de água, gás e eletricidade para PME em dificuldade;
  • Criação de fundo de 300 mil milhões de euros para garantir empréstimos solicitados pelas empresas a entidades bancárias;
  • Financiamento direto aos trabalhadores através do mecanismo de desemprego parcial;
  • Criação de um fundo de 20 mil milhões euros para participação ou nacionalização em/de empresas francesas industriais em dificuldades;
  • Apoio de 5 000 euros destinado a empresas em dificuldades e em risco de falência;
  • Restaurantes, bares, ginásios e discotecas administrativamente fechados poderão obter um apoio correspondente a 20% da sua faturação de 2019 ou 10.000€ do fundo de solidariedade;
  • Publicação do “Plan de Relance” que constitui um roteiro para a reconstrução económica, social e ecológica de França até 2030 prevendo medidas no valor de 100 mil milhões de euros.

 

CONSELHOS ÚTEIS ÀS EMPRESAS

  • Reforçar o posicionamento de fornecedor nearshore (“regional value chains”);
  • Investir nos canais de comunicação/distribuição digitais;
  • Comunicar amplamente ações de solidariedade e de responsabilidade social durante o período crise e pós-crise;
  • Continuar a marcar presença, física ou digital, nas “feiras-âncora” que se realizam em França em diversos setores de atividade;
  • Tirar partido das poupanças acumuladas pelos franceses durante 2020 (a mais alta desde os anos 70);
  • Acompanhar e aproveitar as oportunidades existentes nas diversas plataformas de marketplaces existentes no mercado francês;
  • Avaliar a possibilidade de implementação de uma estratégia de entrada e de desenvolvimento de negócios em outros mercados francófonos europeus, tirando partido da existência de uma língua comum, das novas ferramentas digitais e das facilidades de transporte e comunicação existentes;
  • A tendência do consumo “Made in France” cresce cada vez mais durante a pandemia COVID-19. Necessidade de oferecer produtos de qualidade e altamente diferenciados para fazer face à forte concorrência francesa.

 

SITES RELEVANTES

Governo francês: Les mesures prises par le gouvernement

Ministério da Economia e Finanças: Coronavirus COVID-19: Les mesures de soutien aux entreprises

Ministério da Economia e Finanças: Plan de soutien aux entreprises françaises exportatrices

Business France: Information Coronavirus COVID-19

Ministério da Economia e Finanças: Plan de Relance

Nota: Tendo em conta o rápido desenvolvimento da pandemia COVID-19 e dos seus impactos na economia dos diversos países, a informação constante nesta página poderá não corresponder à totalidade da informação do mercado disponível e poderá ficar temporariamente desatualizada.

Última atualização: 1 de março de 2021.

As empresas clientes da AICEP poderão contactar os respetivos Gestores de Cliente que lhes poderão fornecer informação adicional ou mais detalhada.