O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e exibir anúncios dirigidos. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies. Para saber mais leia a nossa Política sobre cookies. Aconselhamos igualmente a consulta da nossa Política de privacidade.

ÁUSTRIA: COVID-19

Conheça os constrangimentos, medidas de relançamento da economia e oportunidades de negócio na Áustria decorrentes da COVID-19.

PRINCIPAIS CONSTRANGIMENTOS PARA AS EMPRESAS

  • A entrada na Áustria sem restrições só é permitida a pessoas provenientes dos seguintes países: Austrália, Finlândia, Grécia, Islândia, Japão, Nova Zelândia, Noruega, Singapura, Coreia do Sul e Vaticano;
  • As pessoas provenientes de outros países terão de cumprir uma quarentena de 10 dias (existem isenções, por exemplo para motoristas); a quarentena poderá terminar se, ao fim de 5 dias, for realizado um teste PCR  com resultado negativo; 
  • Antes da entrada na Áustria deverá ser preenchido o formulário “Pre-Travel-Formular
  • Atividades fechadas: hotéis, restaurantes, cinemas, teatros, feiras e congressos, discotecas, clubes noturnos, ginásios e todas as instalações desportivas indoor, bem como universidades;
  • Horários de funcionamento das atividades abertas: no máximo até às 19h00;
  • É obrigatório o uso de máscaras do tipo FFP2 em todas as lojas e em transportes públicos, manter uma distância mínima de 2 metros entre pessoas e cumprir recolher obrigatório das 20h00 às 06h00  (exceções: profissionais ou emergências médicas).

APOIO ÀS EMPRESAS NO MERCADO

  • Corona-Hilfs-Fond - Fundo de apoio para todas as empresas: 15 mil milhões euros
  • Härtefall-Fond - Fundo de proteção para empresas unipessoais: 2 mil milhões euros
  • Familien-Härtefond - Fundo para famílias com problemas financeiros desencadeados pela crise da COVID: 60 milhões euros;
  • O governo vai pagar 100% dos custos fixos às discotecas, agências de viagens e operadores turísticos;
  • Possibilidade de diferimento de impostos para empresas;
  • O acesso ao regime de trabalho em horário reduzido (Kurzarbeit) foi prorrogado até 30 de junho de 2021;
  • O governo vai pagar às empresas que tiveram que fechar (hotéis, restaurantes, teatros, etc.) um valor equivalente a 80% da faturação realizada no período homólogo do ano anterior, mas, em contrapartida, não poderá haver despedimentos.
     

CONSELHOS ÚTEIS ÀS EMPRESAS

  • Expansão da atividade através de negócios online, quer em marketplaces, quer em lojas próprias;
  • Aumento da presença nas redes sociais como Facebook, Pinterest, LinkedIn, etc.;
  • Tradução de sites da empresa para várias línguas, não apenas o inglês;
  • Reativação do contato com clientes antigos por e-mail;
  • Realização de reuniões online com os clientes;
  • Envio de “Newsletters”;
  • Organização de Webinares com os clientes sobre novos produtos, novas tecnologias, etc.

 

SITES RELEVANTES

Nota: Tendo em conta o rápido desenvolvimento da pandemia COVID-19 e dos seus impactos na economia dos diversos países, a informação constante nesta página poderá não corresponder à totalidade da informação do mercado disponível e poderá ficar temporariamente desatualizada.

Última atualização: 1 de março de 2021.

As empresas clientes da AICEP poderão contactar os respetivos Gestores de Cliente que lhes poderão fornecer informação adicional ou mais detalhada.