Canadá: COVID-19

Conheça os constrangimentos, medidas de relançamento da economia e oportunidades de negócio no Canadá decorrentes da COVID-19.

MEDIDAS GOVERNAMENTAIS DE RELANÇAMENTO ECONÓMICO E APOIO ÀS EMPRESAS

1) Apoios Diretos a Indivíduos e Famílias (principais medidas, dólares canadianos)

  • Employment Insurance Program (EI): aperfeiçoamento do subsídio de desemprego, para assistência a um maior número de pessoas que continue sem poder trabalhar, mínimo de $500,00/semana, antes de impostos.
  • Canada Recovery Benefit (CRB): apoio de $500,00/semana, até um máximo de 26 semanas, para trabalhadores  forçados a parar de trabalhar ou que tiveram o seu rendimento reduzido em pelo menos 50%, em resultado da Covid19, e que não são elegíveis para Employment Insurance (EI).
  • Canada Recovery Sickness Benefit (CRSB): apoio de $500,00/semana, até um máximo de duas semanas, para trabalhadores impedidos de trabalhar pelo menos 50% do período semanal, por terem contraído Covid19, ou que tenham de fazer confinamento relacionado com Covid19 ou que denotem uma situação de saúde vulnerável que os torne mais suscetíveis a contrair Covid19.
  • Canada Recovery Caregiving Benefit (CRCB): apoio de $500,00/semana, até um máximo de 26 semanas por agregado familiar, a trabalhadores impedidos de trabalhar pelo menos 50% do período semanal, por terem de prestar cuidados a crianças até 12 anos ou a um familiar, obrigados a ficar em casa, devido ao encerramento de escolas ou infantários, em virtude da Covid19; ou que estejam doentes, ou que tenham de ficar em quarentena por outros motivos relacionados com Covid19.
  • Diferimento prestações empréstimos habitação: possibilidade de diferimento de prestações de empréstimos à habitação, por um período até seis meses a acordar com a instituição de crédito, para indivíduos ou famílias em dificuldades financeiras durante o período da pandemia.
  • Apoio a Comunidades Indígenas: existem vários programas de apoio a comunidades indígenas, em áreas como a saúde, o apoio ao rendimento das famílias, a alimentação e a higiene, a educação e o combate à violência doméstica; aproximadamente $1,035 milhões.

2) Apoios a Empresas (principais medidas, dólares canadianos)

  • Canada Emergency Wage Subsidy (CEWS): subsídio de salários até 75% a trabalhadores elegíveis, para apoio à manutenção de empregos e recontratação de trabalhadores; até Junho 2021.
  • Work-Sharing Program: extensão do WSP até 76 semanas para empresas a sofrerem o impacto da pandemia; complemento salarial a trabalhadores elegíveis para Employment Insurance, que aceitem reduzir o horário normal de trabalho.
  • Canada Summer Jobs Program (CSJ): flexibilização do CSJ, com vista à criação de cerca de 120.000 oportunidades/postos de trabalho (full time e part-time) para estudantes, por via de subsídio a empregadores públicos e privados, até 75% do salário mínimo de cada jovem trabalhador (valor hora); até Fevereiro de 2022.
  • Impostos e tarifas: eliminação de tarifas aduaneiras na importação de artigos de proteção individual, como máscaras, luvas e outros.
  • Suporte financeiro, empréstimos e acesso ao crédito:

    Canada Emergency Business Account (CEBA): empréstimos sem juros, parcialmente a fundo perdido, até um máximo de $60.000, a pequenas empresas e entidades sem fins lucrativos que sofreram quebra de receitas, devido à pandemia e que tenham de fazer face a custos recorrentes não diferíveis; até Março 2021.


    Canada Emergency Rent Subsidy (CERS): apoio direto às empresas e entidades sem fins lucrativos, com rendas e hipotecas, até um máximo de 65% dos custos elegíveis (rendas comerciais e despesas associadas); até Junho 2021.


    Garantias bancárias a PMEs (via Business Credit Availability Program): garantias a instituições financeiras para suporte a programa de empréstimos de curto prazo a PMEs, até um máximo de $6.25 milhões, com vista a financiar custos operacionais e a suprir necessidades de cash flow; até Junho 2021.


    Regional Relief and Recovery Fund (RRRF): fundo de $1.5 biliões para apoio a empresas e organizações das indústrias transformadoras, setores tecnológicos, turismo e outros setores chave nas economias regionais; suporte canalizado via Regional Development Agencies.


    Mid-Market Financing Program (via Business Credit Availability Program): empréstimos comerciais, que podem variar entre $12.5 milhões e $60 milhões, a PMEs com receitas anuais acima de $100 milhões, cujas necessidades de crédito excedam os outros programas já disponíveis via BCAP; até Junho 2021.


    Mid-Market Guarantee and Financing Program (via Business Credit Availability Program): garantias a instituições financeiras para apoio à liquidez de empresas com receitas anuais entre $50 milhões e $300 milhões, para suportar operações durante o período da pandemia. Garantias de 75% a créditos operacionais e empréstimos de tesouraria entre $16.75 milhões e $80 milhões.


    Large Employer Emergency Financing Facility (LEEFF): bridge financing a grandes empresas para apoiar operações durante o período da pandemia e fase de recuperação económica. Destinado a Grandes empresas com receita anual acima de $300 milhões e necessidades de empréstimos acima de $60 milhões; apoios canalizados via Canada Development Investment Corporation.


    Apoios a empresas nas comunidades indígenas: $424 milhões em fundos, para suporte a instituições financeiras da comunidade indígena no financiamento a PMEs (empréstimos de curto prazo sem juros e subsídios a fundo perdido).   

3) Apoio a Setores Económicos (dólares canadianos)

  • Agricultura, agri-food, pescas e aquicultura: aumento em $5 mil milhões do crédito disponível via Farm Credit Canada a produtores agroindustriais e processadores alimentares; fundo de $50 milhões para implementação de medidas de segurança e implementação de quarentena obrigatória a trabalhadores que cheguem do estrangeiro; aumento em $200 milhões do limite de crédito da Canadian Dairy Commission para fazer face a dificuldades de escoamento de produtos lácteos e para suportar custos com armazenamento excesso de stocks; 62.5 milhões no reforço do Canadian Seafood Stabilization Fund, para apoio setor das pescas e transformação de pescado.
  • Cultura, património e desporto: $50 milhões no Short-Term Compensation Fund, para apoio a empresas independentes do setor cinematográfico, não protegidas por seguros e obrigadas a suspender produções, em virtude da Covid19.
  • Energia: $750 milhões em novo Emissions Reduction Fund, para apoio a investimentos na redução de emissões de gases de efeitos de estufa (principalmente metano) na indústria do petróleo e gás natural.
  • Ensino superior e investigação (via Canada Research Community Emergency Fund): apoio até 75% dos salários de investigadores e técnicos em universidades e centros de investigação na área da saúde; máximo de $847,00/semana por trabalhador; financiamento até 75% dos custos elegíveis com atividades de I&D.
  • Infraestruturas (via Gas Tax Fund): aceleração dos apoios a cerca de 3600 comunidades espalhadas por todo o país, $2.2 mil milhões num pagamento único em Junho 2021, para investimentos em projetos de infraestruturas conducentes à melhoria das condições de vida nessas comunidades. Covid-19 Resilience Stream, (via Investing in Canada Infrastructure Program), $3 mil milhões para financiamento de projetos de infraestruturas relacionados com resposta à Covid19, recuperação de equipamentos públicos, transportes e mitigação de desastres naturais.

4) Suporte a organizações de apoio social (dólares canadianos): contribuição de $157.5 milhões para programa Reaching Home, de apoio a pessoas sem-abrigo; $100 milhões para suporte a serviços de apoio a mulheres e crianças vítimas de violência sexual; contribuição de $100 milhões para programas da Cruz Vermelha de resposta ao Covid19; $200 milhões para o Emergency Food Security Fund, para garantir aquisição e entrega de alimentos a setores mais carenciados da população.

5) Suporte às Provincias e Territórios (dólares canadianos)

  • Workforce Development Agreements: $1.5 mil milhões de investimento adicional para apoio a programas de treino e formação profissional implementados pelos governos provinciais para fomentar o emprego e a requalificação profissional nos setores mais afetados pela pandemia.
  • Suplementos salariais a trabalhadores essenciais: suporte de $3 mil milhões aos governos provinciais para aumentos de salários a trabalhadores essenciais com baixos rendimentos.    
  • Sistema de saúde, cuidados intensivos: $500 milhões para apoio aos sistemas de saúde das províncias, nomeadamente na melhoria das redes de cuidados intensivos.
  • Safe Restart Agreement (SRA): $19 biliões em transferências para as províncias, para financiamento de programas de reforço dos sistemas de saúde, medidas de proteção das populações e preparação contra futuras vagas da pandemia.
  • Setor energético offshore: financiamento de $320 milhões à província de Newfoundland para suporte a trabalhadores do setor energético offshore (plataformas petrolíferas marítimas).
  • Safe Return to Class Fund: $2 mil milhões para suporte complementar às províncias, no apoio aos sistemas escolares, na implementação de medidas de proteção e segurança dos estudantes e todo o staff, durante o ano letivo.   

 

QUAIS OS PRINCIPAIS CONSTRANGIMENTOS NO MERCADO

  • Agravamento drástico da situação de pandemia por todo o país, a causar grande pressão no sistema hospitalar. Governos provinciais impuseram novas restrições e medidas de controlo do coronavírus. No Ontario foi declarado estado de emergência por 28 dias, a entrar em vigor a 14 Janeiro. Apenas serviços de saúde e alguns outros serviços e retalho essenciais poderão continuar abertos, mas com horários reduzidos e limite a grupos de cinco pessoas. Com exceção de trabalhadores essenciais, todas as pessoas deverão ficar em casa e passar a trabalho remoto. A maior parte das escolas vão continuar em regime de ensino virtual, até 10 Fevereiro. No Quebec está também em vigor um novo período de confinamento com fortes restrições à atividade comercial, proibição de ajuntamentos de pessoas e recolher obrigatório das 20.00h às 05.00h, até 8 Fevereiro. Nas outras regiões do país foram igualmente introduzidas restrições apertadas para combate ao Covid19.
  • Prolongamento do fecho de fronteiras com os EUA a todo o tráfego não essencial pelo menos até 21 de Fevereiro.
  • Mantêm-se as restrições nas fronteiras à entrada de estrangeiros (salvo poucas exceções relacionadas com situações de família e visitantes por motivos essenciais); continua em efeito a obrigatoriedade de quarentena de 14 dias para todas as pessoas que entrem no país, as quais devem apresentar às autoridades um "plano de quarentena" à entrada no Canadá.
  • Todas as pessoas que viajem para o Canadá por via aérea ou outra, terão previamente de submeter às autoridades canadianas um inquérito de auto rastreio de sintomas de Covid19, disponível na aplicação ArriveCan - https://www.canada.ca/en/public-health/services/diseases/coronavirus-disease-covid-19/arrivecan.html. Todos os que viajem por avião, têm ainda de apresentar à companhia aérea um teste Covid19 (PCR) negativo, realizado até 72 horas antes do embarque.
  • Verificam-se ainda algumas limitações à mobilidade interna, nomeadamente nas quatro Províncias Atlânticas, que obrigam os visitantes oriundos doutras províncias a quarentena de 14 dias.
  • Atividade económica em recuperação, mas ainda abaixo dos níveis pré-Covid; agora a sofrer o impacto do agravamento da pandemia no 4o trimestre de 2020 e início de 2021 e das novas restrições impostas para combate à propagação do vírus.
  • Limitação das ligações aéreas tem impacto nos custos e nos tempos de transporte de muitas mercadorias exportadas para o Canadá;
  • Aumentos dos preços de certos produtos, incluindo alimentares e outros, em resultado de perturbações ao nível das cadeias de produção e cadeias logísticas.
  • Taxa de emprego a recuperar, mas ainda abaixo dos níveis pré-Covid; consequente quebra de rendimento e redução do consumo das famílias;
  • Acumulação de stocks, especialmente de bens de consumo, o que poderá limitar planos de produção e encomendas durante um período indeterminado, na fase de retoma económica;
  • Reabertura da economia está em curso, mas agora a sofrer o impacto da segunda vaga da pandemia. Sector retalhista (lojas físicas) particularmente atingido pela maior aderência dos consumidores às compras online e por enormes perdas financeiras. Dezenas de cadeias e lojas independentes anunciaram já o encerramento de muitas das suas localizações no Canadá (algumas cadeias vão fechar todas as lojas). Setor da restauração a sofrer grandes perdas em resultado das novas medidas de confinamento que no final do ano começaram a agravar-se por todo o país.
  • Possibilidade de reshoring de alguma produção, com risco de quebra de encomendas a empresas cuja produção é fundamentalmente para marcas dos clientes;
  • Quebra das importações; período Jan-Out 2020 importações globais (mercadorias) menos 10,8% comparativamente período homólogo ano anterior; importações de Portugal com quebra de 9.7% no mesmo período (Statistics Canada).
  • Retoma do sentimento Buy Canadian e Buy Local;
  • Redução do fluxo de imigrantes a entrarem no Canadá, em resultado da Covid-19, está a ter impacto negativo no sector do imobiliário e, num horizonte mais logo, na força de trabalho disponível no país;

 

NOVAS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIO DECORRENTES DO PÓS-COVID E CONSELHOS ÚTEIS ÀS EMPRESAS

  • Setor do e-commerce em grande desenvolvimento; oportunidades para empresas nacionais explorarem negócios neste canal;
  • Desenvolvimento de aplicações para plataformas de e-commerce e soluções digitais para as empresas e instituições;
  • Também no segmento do e-commerce, oportunidades para desenvolvimento de novos materiais e artigos de embalagem que facilitem e tornem o shipping mais barato;
  • Investimentos de todo o sector público administrativo em redes de comunicação online e plataformas para ambientes de tele-trabalho; também aqui, oportunidades para empresas de tecnologias de informação no desenvolvimento deste tipo de soluções;
  • Desenvolvimento de soluções para streaming de conteúdos e comunicação online, para entretenimento, ambientes profissionais, ensino e outros;
  • Fornecimento de produtos de desinfeção inovadores, materiais (por exemplo de embalagem) com características antimicrobianas, e materiais e equipamentos de proteção pessoal e para o sector da saúde;
  • Todo o tipo de soluções inovadoras para o setor de cuidados continuados e lares para idosos;
  • Economia circular, tecnologias do ambiente e energias renováveis. A redução global da atividade económica e industrial mostrou num curto espaço de tempo aparentes melhorias resultantes da redução de emissões e detritos industriais; governo canadiano aposta numa green recovery;
  • Desenvolvimento de mobiliário, equipamentos e conceitos ergonómicos melhor adaptados a espaços de trabalho com mais distanciamento físico;
  • Desenvolvimento de tecnologias para prestação de serviços e realização de operações de forma contactless;
  • O mesmo para os espaços comerciais e de serviços; preocupações de segurança ganham maior relevância; equipamentos ou materiais inovadores para separação/proteção de áreas de trabalho individuais ou de atendimento deverão ter grande procura;
  • Potenciais oportunidades para empresas nacionais sector life sciences e biotech para colaboração com empresas canadianas no desenvolvimento vacinas e terapias contra a Covid;
  • Procura de alternativas à produção na China por parte de algumas marcas canadianas, nomeadamente em setores como a moda e o têxtil, mas também nalguns outros, pode criar novas oportunidades para empresa nacionais;
  • Alterações de modelos de trabalho em muitos sectores, com grande número de profissionais a trabalhar maioritariamente em regime remoto; aparecimento de novas necessidades em função desta realidade, por exemplo, estilos de roupa mais adequados ao trabalho a partir de casa, associando características de conforto a um look casual profissional; na indústria fala-se em workleisure.
  • As empresas devem continuar a manter o contacto com o mercado e a procurar oportunidades junto de parceiros canadianos. Muitas das feiras e eventos profissionais, missões empresariais, deslocações de compradores e outras ações presencias, vão continuar a não se poder realizar durante vários meses. Esta é uma boa altura para se tentarem abordagens seletivas a possíveis parceiros ou clientes, enviando apresentações e catálogos, fazendo de seguida um follow-up direto e personalizado, aproveitando as potencialidades das redes sociais e das tecnologias digitais.

 

SITES RELEVANTES A CONSULTAR

https://www.canada.ca/en/public-health/services/diseases/coronavirus-disease-covid-19.html

https://www.canada.ca/en/department-finance/economic-response-plan.html

https://www.cbsa-asfc.gc.ca/services/covid/non-canadians-canadiens-eng.html

https://travel.gc.ca/travel-covid

https://www.statcan.gc.ca/eng/covid19

https://covid-19.ontario.ca/index.html

https://www.quebec.ca/en/health/health-issues/a-z/2019-coronavirus/

Texto template inserido por JS

O nosso website utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e exibir anúncios dirigidos. Ao continuar a navegar está a consentir a utilização de cookies. Para saber mais leia a nossa Política sobre cookies. Aconselhamos igualmente a consulta da nossa Política de privacidade.